Usuários do Linux vão poder rodas aplicativos feitos para Android

Você conhece o Anbox? Graças à proliferação generalizada do Android do Google, os desenvolvedores se reuniram para a plataforma, criando milhões de aplicativos para ele. Embora o Android se baseie no kernel do Linux, que é muito parecido com os sistemas operacionais GNU/Linux de desktop, os sistemas operacionais de desktop, não atraíram quantidades semelhantes de esforços de desenvolvimento, o que é uma lástima. Isso não quer dizer que os sistemas operacionais GNU/Linux sejam ruins, muito pelo contrário, mas às vezes, existem aplicativos disponíveis para uma plataforma, que você deseja que ele apareça logo na plataforma que você usa. Quero dizer, rapidamente, sem configurar uma máquina virtual, configuração de inicialização dupla através do projeto Android-x86, ou usando uma dessas soluções de desktop remoto. Felizmente, o Anbox está aqui para resolver isso.

Anbox, que significa “Android em uma caixa”, é um projeto de código aberto, que permite que você execute aplicativos Android em seu desktop Linux sem o aborrecimento de máquinas virtuais, dual boot ou desktops remotos. Ele consegue isso colocando o sistema operacional Android em um container Linux (LXC), que permite compartilhar o kernel (que não significa emulação), mas usa namespaces Linux para isolar o ambiente do host do sistema operacional Android. O Anbox, portanto, não permite qualquer acesso direto ao hardware, mas em vez disso, usa pontes Open GL ES para o host, por exemplo, para o subsistema de gráficos.

Atualmente, em um estado alfa, o Anbox não está isento de sua grande parcela de bugs e falhas, mas a partir do vídeo acima, você pode ver claramente que ele permite acesso rápido e fácil a aplicativos Android com base em uma plataforma Android 7.1.1 Nougat. O software não é fornecido com o Google Play Store, como seria de esperar, mas os aplicativos podem ser instalados a partir do ambiente do host executando um comando /path/to/.apk de instalação do adb. Claro, se não fosse assim, não era Linux.

A instalação do Anbox é bastante simples, pois funcionará em qualquer distribuição GNU/Linux que suporte a capacidade de instalar snaps. Os Snaps (não, não são os da Motorola) permite ao Anbox, pacotes de todas as dependências em um único arquivo zip, para que você não precise se preocupar com a instalação de tudo sozinho manualmente. No entanto, você precisará de privilégios de superusuário em sua máquina, pois o script de instalação requer a instalação de determinados módulos do kernel, como o DKMS.

Anbox

Instalando o Anbox

Se a máquina suporta a instalação de snaps, tudo o que você precisa fazer é executar o seguinte comando:

sudo snap install –classic anbox-installer && anbox-installer

Apoiando o Anbox

Como este é um projeto de código aberto, qualquer desenvolvedor pode contribuir para o projeto seguindo a página Github do mesmo. Os desenvolvedores do Anbox podem ser encontrados no canal #anbox IRC na rede FreeNode, ou em seu grupo de bate-papo no Telegram. Os bugs podem ser relatados em sua página de erros/problemas no Github.

Só me resta agora, levantar uma máquina virtual Linux para testar 😀

Via xda developers

Share.

About Author

Baiano que ama tecnologia. Faz aplicações para a web, desenvolve e presta consultoria. Adora um jogo de xadrez e um hold´em. Editor dos antigos expertstech.net e technodia.net

Leave A Reply